Como fazer mala de viagem inteligente. Sem excessos!

mala

Viagem é coisa boa, motivo de empolgação. Se você se aborrece só de pensar que tem que arrumar a mala, alguma coisa ta errada.  É possível fazer a mala para qualquer viagem de um jeito pratico, com peças que rendem muitos looks e sem pesar 250 kilos.

Passo a passo da mala inteligente

1 – Pesquise sobre o destino e sobre a temperatura da época que você vai viajar.

2 – Relacione as ocasiões especiais que estão previstas para a viagem (se houver) e separe os trajes para estas ocasiões. Ex.: almoço de noivado, jantar de negócios e etc…

3 – Agora é hora da conta: o número de dias de viagem = o número de peças inferiores. Para cada peça de baixo você deve separar 2 peças de cima – pensando em opções relax, arrumadinhas e mais elegantes.

4 – Escolha 3 ou 4 cores coordenáveis para a sua mala. Ex.: marrom, palha, rosa e marinho.

5 – Pronto, agora é hora de separar os itens levando em consideração a conta e as cores definidas acima.

6 – Sapatos são pesados. Vai depender muito do estilo da viagem (aventura, relax, praia, cidade…). Escolha os mais versáteis, que vão com tudo e leve um de cada estilo no máximo: uma bota, um tênis, uma sapatilha e um chinelo. A bota já deve ir no pé, para liberar espaço na mala.

 

Na hora de fazer a mala

  • Coloque as peças mais pesadas no fundo. Sapatos, casacos que não amassam e etc. Depois as camisetas e peças informais que podem ir em rolinhos e por ultimo as camisas, calças finas e vestidos.
  • Dobre o menos possível as peças que amassam. Use o tamanho todo da mala para esticar a peça e dobre o que sobrar.
  • Use espaço dentro de sapatos para guardar cremes, bijous, lenços, cintos. Não vai pegar cheiro nas suas coisas, fique tranquila.

 

Dicas de OURO : )

As peças que viajam com a gente têm ser aquelas que a gente AMA e já sabe que funciona bem.  Sabe aquela peça diferente que você nunca usa?  Esqueça dela para a sua viagem, se ela não se acerta com ela no dia a dia, não vai se entender com ela em Abu Dhabi.

Leve sempre um biquini mesmo que você vá para a montanha. Não custa nadinha!

Leve sempre um vestido arrumado e um sapato confortável que coordene mesmo que não tenha nada programado. Quem avisa amigo é.

Leve sempre um casaquinho, mesmo que você vá para o Deserto do Saara. Quem disse que no hotel de lá não faz um frio do Alasca?!

Escolha bijous e lenços legais que façam a diferença nos looks.

Experimente tudo antes para garantir que as coordenações funcionam para momentos diferentes do dia.

 

Prontinho!  Se você for viajar de avião para destinos distantes vale acrescentar hidratante, protetor labial, colírio e escovas de dente e cabelo.  E voi lá!  Boa viagem : )

 

  • Foto de Oleg Oprisco
Continue Reading

Festa do Cabide! Afinal, o que dobra e o que pendura?

calca no cabide - presilha

No mundo da organização, pendurar ou dobrar muda tudo. Muda o quanto o seu espaço vai ser bem aproveitado e muda o quanto a sua peça vai durar. Explico: pense que a sua roupa no cabide é como você sentado em uma cadeira. Se a cadeira for desconfortável você vai começar a ficar incomodado.   Se o encosto ou o assento não for legal, vai machucar e provavelmente vai marcar sua pele. Com a roupa acontece a mesma coisa. Só que ela pode ficar lá, “sentada naquela cadeira desconfortável” por 1 mês. O inevitável vai acontecer: o tecido vai ficar cansado, as fibras vão começar a esticar, ceder, o lugar onde a ponta do cabide está pegando vai fazer uma marca e muitas vezes aquela roupa que você pagou caro e que tinha um corte incrível, vai ficar torta. Por isso, pendurar e dobrar é sim um assunto de SUMA IMPORTANCIA : )

 

Comece observando o tecido.

 Antes de decidir como guardar a sua peça, observe o tecido que ela é feita.

  • Peças de tecido plano e fibra natural vão para o cabide porque amassam fácil. São peças de crepe, seda, linho, algodão, tricoline.
  • Viscose é tecido misto (tem um pouco de elastano) mas também amassa e é bom pendurar com carinho.
  • Peças de tecido sintético e com elastano devem ser dobradas e acomodadas em prateleiras ou até enroladas em gavetas. Se forem penduradas elas podem ficar defeituosas ou esgarçadas por conta do vicio que a marca do cabide cria e do próprio peso do tecido – ela vai cansando, esticando e fica torta. São peças em malha, lã, lycra, malha fria e polyester.
  • Todas as peças em couro precisam ser penduradas para não marcar nas dobras e não mofar.

 

O que colocar no cabide, peça por peça.

  • Camisas e Blusas em geral vão em cabides tradicionais, com pelo menos 3 botões fechados a partir do colarinho.
  • Tomara-que-caia e regatas de alças muito finas podem ser acomodadas nos cabides com ajuda das presilhas.
  • Calças em seda, linho, alfaiataria em geral ficam melhores em cabides com presilha. Elas podem ser penduradas dobradas ao meio, mas se forem muito finas podem marcar na dobra.
  • Calças Jeans podem ser penduradas dobradas ao meio (elas também podem ser colocadas em prateleiras para quem não tem muito espaço de cabide).
  • Saias e bermudas em tecido plano vão penduradas em cabides com presilhas.
  • Blazers e Casacos vão em cabides com ombreiras para não danificar/viciar o corte dos ombros.
  • Vestidos devem ser pendurados e o modelo do cabide depende do modelo do vestido. Segue a regra das blusas.

Em lojas especializadas de cabides é possível comprar presilhas e ombreiras a parte e adapta-las aos cabides!

O ideal é uma peça por cabide para que nada fique escondido, amassado ou sofrendo de sufocamento pela peça de cima ; )

 

O que dobrar? Todo o resto!

Tudo que for de tricô, linha, malha, de lycra ou com lycra vai dobrada em gavetas ou prateleiras.

Lingeries e meias ficam melhores em gavetas. Lembre de não amassar os bojos dos soutiens para não danificar!  Biquinis e todo o arsenal de praia, dobra.  Peças de academia também ficam bem em gavetas. As calcas e shorts podem ser enroladas ou dobradas em pacotinho.  Peças em jeans, shorts, bermudas, saias e calças podem ser dobradas se não tiver espaço do cabideiro.  As camisetas devem ser dobradas com carinho e podem ser colocadas em prateleiras ou gavetas.

Existem várias formas de organizar uma gaveta e de dobrar peças como camisetas.  Mas este é assunto para outro post, porque tem bastante conteúdo pra contar pra vocês.  Vamos deixar pra outro dia, ta?

 

O importante é cuidar com carinho das suas roupas.  

A atenção que você dedicar a elas, cuidando, dobrando ou pendurando com cuidado vai contribuir com a durabilidade.  Quem sai ganhando é você, que vai desfrutar da sua roupa linda por mais tempo!!!

 

Continue Reading

Organizar a despensa é preciso!

Vamos organizar a despensa?

A despensa é aquele lugar da casa que muita gente não vence a bagunça.  E na verdade, a despensa deveria ser um espaço super bem organizado e limpo, para preservar os alimentos e facilitar na produção da rotina na cozinha.  Entãããão, resolvi reunir algumas dicas para você vencer essa luta de uma vez por todas.

Primeira coisa a fazer:  tire tudo do armário, verifique as validades e jogue fora o que está vencido.

Continue Reading

Entenda melhor o que é A,MÔ

IMG_1745

Um olhar. É a partir de um contato visual que qualquer relação começa, seja ela profissional e pessoal. A roupa que você veste não é a coisa mais importante do mundo. Não é mesmo. Mas ela cobre, enfeita e representa você. Sim, sua roupa te representa!

Este espaço, este serviço, é feito para pessoas que querem parar um pouquinho

Continue Reading

Abrir a porta do Guarda-Roupa para se achar. Nunca mais para se perder.

01

Tem dia que parece que o guarda-roupa vai te engolir. Tem dia que parece que vai te cuspir. Esse tipo de drama que rola com o GR tá mais pra uma DR sem fim. Tem tantas, mas tantas minhocas na cabeça da gente que pode provocar essas cenas cotidianas de desentendimento com um grande caixote de madeira cheio de tecidos cortados e costurados. Pensa bem, tem coisas mais importantes

Continue Reading