Cinco dicas de NYC fora do circuitão turistico.

new york city

Pense em New York?  O que vem na sua cabeça provavelmente passa pela Times Square, a Broadway, luzes e compras.  Muitas lojas gigantes de 3 andares no minimo (socorro) e outlets intermináveis (socorro x 3).  Claro que também tem os museus, são vários imperdíveis, a estátua da liberdade, o WTC e etc.  Tudo isso tá na mão em qualquer site de turismo.

Este ano eu vim para NYC com um outro propósito e muito pouco dinheiro.  Não estou com dinheiro sobrando e nem que estivesse – não quero gastar com futilidades e besteiras nunca mais na minha vida.  Além disso, estou em família, com as crianças e a gente queria mostrar pra elas um outro lado da cidade.  A viagem ainda não acabou mas a missão já está cumprida.  Seguem então 5 dicas que fizeram estas férias mais especiais ainda:

 

1 – Coney Island

Imagina uma praia, com tudo que tem direito (areia, ondas, chuveirão, deck, botecos a beira mar e etc) com um “plus a mais adicional”:  parques de diversão.  Assim é Coney Island.  Um bairro de NYC que você chega de metrô, dá uns 40 minutos de Manhattan.  No metrô você já vai sentindo o clima.  Na medida que vai chegando mais perto, o publico que vai ficando está de chinelo, biquini e sacolas de praia.

17816

O astral é ótimo, tem criança, cachorro, jovens, senhores e etc.  E tem parques!  São 2 parques um ao lado do outro, o Luna Park e o Deno’s.  A gente acabou ficando só no Luna porque tem mais atrações para crianças grandes como a gente, mas ambos têm atrações bacanas.

A pegada dos parques é mais old school, tem várias barracas de tiro, pescaria, alvo e etc, com brindes incríveis.  Voltamos com um pirulito gigante e muitas boas lembranças.  reserve 1 dia inteiro.  Vale a pena : )

Nossa foto na Cyclone! kkkk

 

2 – Shows & Festivais

O calendário de shows e festivais em Nova Iorque é muito intenso.  Tem oportunidades legais rolando o ano inteiro e considero impossível você não achar alguma coisa que te interesse.  Os preços são melhores que no Brasil e as oportunidades são várias, afinal você está no país de muitas bandas que apreciamos.  Nessa temporada de 10 dias que passamos aqui tinha algumas coisas interessantes, mas a gente tinha que achar um que agradasse crianças de 40 e de 10 anos.  Optamos pelo Panorama Music Festival.

Major Lazer

 

O festival tem 3 dias, fomos em um.  Tinha Alabama Shakes, Mike D, Major Lazer e Arcade Fire.  Opções que agradaram a todos.  Foi o primeiro festival das meninas, inauguração em grande estilo!  O evento é muito organizado, sem tumulto, acontece numa ilha que ainda soma o passeio de barco.

Enfim, valeu cada centavo.  Foi um dia delicioso, fora do circuitão NYC.  Quando vier pra cá, procure o seu show.  Tem vários sites especializados, um deles é esse.

 

3 – Six Flags

Ok, ok, gostamos mesmo de parques.  O casal aqui curte uma montanha russa e o Six Flags é especializado nisso.  Nossas filhas estão com 10 anos, o que facilitou a escolha porque elas já entram em todos os brinquedos.  Uma é completamente destemida e a outra ficou mais tensa no inicio, mas depois foi picada pelo bichinho da adrenalina e queria ir de novo em todas.

monica sixflags

Pra este passeio você vai ter que alugar um carro ou ir de ônibus.  O parque fica em New Jersey, 1h30 de Manhattan.  Vai por mim, vale muuuuuito a pena investir um dia lá.  A montanha russa mais amada foi a SuperMan, que você vai deitado como se estivesse voando.  Mas tem outras que são incríveis também, como a Nitro, Batman e Lanterna Verde.

Lá tem a montanha mais alta do mundo, nós fomos mas não curtimos.  A queda é muito alta, a pressão é muito grande e fim.  Não tem aquele friozinho na barriga tão bom.

-asbbrd07-03-2014pressmon1a00320140702imgzumanjaroverticals11

Pra fechar com chave de ouro tem a The Joker, a montanha mais nova do parque, que cai girando a cadeira.  É uma loucura tão grande que em vez de cair gritando, caímos rindo!  Sério.  Vale cada segundo.

 

4 – Woodstock

Mais um passeio que você vai precisar de carro.  Woodstock, a cidade onde aconteceu o festival no anos 60, fica a 1h30 de Manhattan em Upstate.  Pela estrada você vai passar pelo conhecido Woodbury, outlet que o povo ama.  Dê tchauzinho de longe e siga firme a caminho da paz e do amor de Woodstock.

Woodstock_Illinois_sign

 

Aqui (estou aqui neste momento) você vai encontrar uma cidade encantadora, cheia da restaurantes e cafés naturebas, com comida 100% orgânica.  Tem lojinhas com lembranças do festival e coisas muito especiais dos artesãos locais.

Tem um mercado de pulgas com coisas incríveis e baratinhas, aos sábados.

flea mkt

E você ainda pode mergulhar em cachoeiras e visitar fazenda de maças orgânicas com restaurante.  Se puder alugue uma casinha e fique uns 2 dias, é uma experiência completamente inesperada para NYC e por isso mesmo é tão valioso.

 

5 – The Reformation

Uma loja.  No meio do mundo de marcas conhecidas e desconhecidas de NYC vou recomendar apenas uma.  A The Reformation é uma marca preocupada com o meio ambiente que realmente faz várias coisas por esta causa, pelo impacto do fast fashion no meio ambiente e na sociedade de modo geral.  Tudo é desenhado e produzido pela marca, localmente, ou por parceiros com a mesma filosofia.

Os tecidos são naturais e muitos deles vem do reaproveitamento de sobras de outras indústrias.  Além disso eles criam uma moda atemporal, de excelente qualidade, que não será descartada em 3 meses.  São roupas para a vida.  Claro que não é barato como uma blusa da Forever21, mas realmente nem pode ser, uma vez que vai durar anos e não meses no seu guarda-roupa.  Vale a pena conhecer, entender, absorver a mensagem, passar a pensar sobre o seu consumo para se vestir e se puder, levar alguma coisa para de fato vivenciar esta experiência.

 

Pronto.  Estão aqui 5 coisas que valem a pena fazer em NYC e que nem todo mundo faz, ou que pouca gente sabe, ou que simplesmente eu amo e recomendo!  Tem outras?  Tem sim!  Mas vou deixar para um outro post.  A região de Williansburg e Dumbo por exemplo, vale um post exclusivo.

O mais importante disso tudo é mostrar que existe uma outra New York City pra você descobrir um dia que vier aqui de novo ou pela primeira vez.  Vá até a Times Square, deixe-se encantar pelas luzes mas não se entregue ao impacto do incentivo ao consumo desenfreado.  Leve o que ama, o que vai ser realmente útil e sobretudo memorável.  O resto, não vale o peso na mala!

 

Você vai gostar destes também : )

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *